Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo do Japão oficializou na quarta-feira (29) a medida que permitirá aos intercambistas estrangeiros que possuem o visto japonês de reentrarem no país.

Por conta da pandemia de COVID-19, os cidadãos de 146 países e regiões passaram a ter a entrada negada no Japão, como medida para impedir a disseminação da doença. Mesmo os estrangeiros com o visto não podiam reentrar no país, exceto em condições específicas, como a morte de um familiar ou uma cirurgia importante no país de origem.

O governo japonês decidiu abrir exceções para a lei e passará a permitir a reentrada de estrangeiros que possuam o visto japonês. A medida não vale para todas as categorias de visto, apenas para os que possuem visto de estudante, estagiário do programa técnico do governo japonês e negócios.

A condição para a reentrada é a realização de exames PCR.

A reentrada de estrangeiros começará no próximo dia 5 de agosto. No caso de países como Vietnã e Tailândia, com os quais o governo japonês firmou acordo para intercâmbio de pessoas envolvidas com negócios, o recebimento de pedidos e emissão de vistos já começou.

Curtir e Compartilhar: