Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – Os japoneses estão usando mais os aplicativos de smartphone para chamar um táxi, segundo pesquisa da Japan System publicada na quinta-feira (11).

O levantamento foi realizado em março de 2019 com 1,1 mil pessoas com idade entre 17 e 69 anos de todo o país. A pesquisa foi feita online pelo serviço de pesquisa Fastask.

A constatação mais importante é que os japoneses com idades entre 20 e 40 anos estão usando mais os aplicativos de smartphone.

Segundo os resultados, os japoneses entre 20 e 40 anos da área metropolitana de Tóquio, que abrange as prefeituras de Tóquio, Kanagawa, Chiba e Saitama, em sua maioria (51,4%) ainda chamam o táxi pelo telefone. Porém, em seguida já aparecem os usuários de aplicativos de smartphone com 33,9%.

O último levantamento do gênero havia sido realizado em 2015 e na época apenas 16,3% dos japoneses na mesma faixa etária usavam os aplicativos. Já os usuários de telefone representavam 64,3%, quase 10% a mais do que o registrado no atual levantamento.

Vale lembrar que no Japão, aplicativos como o Uber não são populares, pois a lei impede que motoristas de carros comuns ganhem dinheiro transportando outras pessoas. Para poder exercer a função é preciso ser taxista.

Fonte: Response 

Curtir e Compartilhar: