Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – Japoneses e sul-coreanos não vivem um bom momento nas relações diplomáticas entre os dois países, segundo pesquisa realizada pela ONG japonesa Genron NPO e pelo laboratório de pesquisa Institute of East Asian Studies.

O levantamento é realizado todos os anos desde 2013 e em 2019 foi a primeira vez que ele contou com a participação de cerca de 1 mil pessoas de cada país.

Em relação às relações diplomáticas dos dois países, do lado japonês 63,5% acreditam que a política entre Japão e Coreia do Sul está muito ruim ou ruim, enquanto do lado sul-coreano o número é de 66,1%.

Comparando com os resultados de 2018, o número é de 23 pontos acima no Japão e 11 pontos acima na Coreia do Sul O principal motivo para a piora na visão que cada um dos lados têm do outro, foram os recentes entraves diplomáticos envolvendo questões passadas.

A Coreia do Sul critica o governo japonês em relação ao pagamento de indenizações e pedidos de desculpa em relação aos sul-coreanos feitos escravos em fábricas japonesas na Coreia do Sul durante a Segunda Guerra Mundial.

Por outro lado, quando o assunto é “o que fazer para resolver a difícil situação atual”, japoneses e sul-coreanos diferem quanto ao método a ser adotado. Cerca de 30% dos japoneses emitiram opiniões negativas, como  “ignorar o problema atual” ou “não é necessário fazer nada a partir de agora”. Pelo lado sul-coreano, um total de 70,8% espera “esforços para melhorar a situação”.

O representante da ONG, Yasushi Kudo, comentou os resultados dizendo que: “A forma como o governo lidará com a mudança de opinião dos cidadãos é um problema a ser enfrentado. Será uma pena não haver uma ação do governo. É nestas horas que é preciso aprofundar o diálogo e o intercâmbio com os cidadãos”.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: