Curtir e Compartilhar:

O Tribunal Constitucional do Peru aprovou nesta segunda-feira (25) um habeas-corpus para a líder de oposição Keiko Fujimori, filha do ex-presidente Alberto Fujimori. A oposicionista estava presa desde outubro do ano passado acusada de corrupção.

A peruana estava envolvida em um esquema criminoso de recebimento de um grande montante de dinheiro, ligado a empresa brasileira Odebrecht. Ex-presidentes do Peru como Pedro Pablo Kuczynski e Ollanta Humala também foram presos.
Por outro lado, Keiko foi liberada pelo Tribunal Constitucional do Peru por quatro votos a três. Ela havia sido presa no dia 10 de outubro de 2018, sendo solta dias depois. No dia 31 de outubro do mesmo ano, ela foi novamente presa e deveria cumprir 36 meses de prisão.
Curtir e Compartilhar: