Curtir e Compartilhar:

As maiores redes de supermercados do Japão fecharam 2019 com queda de 1,8% nas vendas em relação ao mesmo período de 2018.

Foi o quarto ano seguido de queda, que teve como causa as mudanças climáticas e o aumento do imposto de consumo de 8% para 10%.

A Associação de Franquias do Japão informou que as vendas de 10.550 supermercados de todo o país ficou em 12,43 trilhões de ienes em 2019.

Muitos alimentos, como verduras, legumes e frutas, tiveram problemas por conta das instabilidades climáticas do verão, reduzindo a produção e as vendas. Outro fator impactante foi o aumento da taxa de consumo que levou a uma redução nas compras.

A Associação, no entanto, espera um retorno nas vendas em 2020 por conta dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Curtir e Compartilhar: