Curtir e Compartilhar:

No dia 23 de agosto, a FDA (Food and Drug Administration, espécie de Vigilância Sanitária) norte-americana confirmou que a causa de mais de 500 pessoas de 16 estados nos EUA terem passado mal depois de lancharem no McDonald em julho deste ano, foi realmente uma doença parasitária chamada cyclospora. Estas parasitas foram encontradas nas saladas da rede de lanchonetes da Mc Donald’s.
A doença provocada pela cyclospora pode durar meses e provoca entre outras coisa, dor de cabeça, dor no corpo inteiro, diarréias explosivas e vômitos.
O CEO da Mc Donald’s Steve Easterbrook declarou aos acionistas da empresa que já mandou retirar a salada do menu dos cerca de 3 mil lanchonetes da Mc Donald’s que podem ter sido impactados pelo parasita.
O CEO disse que a empresa já conseguiu um novo fornecedor de saladas para as lanchonetes.
Os casos de contaminação aconteceram em 16 estados que incluem Connecticut, Florida, Iowa, Illinois, Michigan, Ohio, Tennessee, Virginia, e Nova Iorque e fizeram 507 vítimas, 24 das quais ainda permanecem hospitalizadas.
No dia 2 de agosto foram encontrados vários dentes e ossos de cerca de 7mm  em um sanduíche do McDonald’s de Kanazawa-shi, no Japão.

Curtir e Compartilhar: