Curtir e Compartilhar:

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão realizou uma pesquisa com proprietários de lojas de conveniência de todo o país.

O levantamento foi conduzido com cerca de 3,6 mil pessoas e a principal conclusão foi a baixa quantidade de dias de descanso dos proprietários deste tipo de estabelecimento.

Um total de 66% dos entrevistados responderam descansar menos de um dia por semana, enquanto apenas 19% descansam um dia. Os que folgam dois dias são apenas 7%.

A pesquisa descobriu também que há donos de lojas de conveniência que não tiram férias há 27 anos devido à necessidade de manter o estabelecimento funcionando 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Um dos motivos para o baixo número de dias de folga é a falta de mão-de-obra, que obriga os donos deste tipo de estabelecimento a trabalharem mais.

O ministério espera lançar propostas para diminuir o peso dos donos das lojas de conveniência e aumentar a quantidade de dias de folga.

Curtir e Compartilhar: