Início Nacional Manifestantes se reúnem em frente ao parlamento japonês para pedir renúncia do...

Manifestantes se reúnem em frente ao parlamento japonês para pedir renúncia do primeiro-ministro Shinzo Abe

1188
Curtir e Compartilhar:

Tóquio – O apoio ao governo do primeiro-ministro, Shinzo Abe, segue em baixa no Japão. Como consequência, o povo tem organizado protestos em frente a sede do governo japonês, como a ocorrida no último dia 14.

Segundo a última pesquisa de opinião realizada pela TV Asahi no final de março, apenas 32,6% dos japoneses apoiam o atual governo, contra 54,9% de desaprovação.

A situação tem piorado a cada dia, com o ex-primeiro-ministro do Japão, Junichiro Koizumi, afirmando que Abe dificilmente conseguirá se eleger para um terceiro mandato nas próximas eleições do parlamento marcadas para o outono desse ano.

A insatisfação e falta de confiança do povo em relação ao governo se manifestou por meio de um protesto ocorrido em frente a Dieta, sede do governo japonês, realizada no último dia 14, por volta das 15h40.

Várias pessoas se reuniram para pedir a renúncia do primeiro-ministro. A polícia precisou montar barricadas no local para acalmar os manifestantes, que gritavam “Fora Abe!”.

O descontentamento da população com os constantes escândalos envolvendo a gestão de Abe, como a venda de terras pertencentes ao Estado por um valor irrisório a escola Moritomo, alcançou o seu pico e levou o povo ao primeiro protesto contra o governo desde 2015.

A posição oficial do governo é a de continuar trabalhando a fim de esclarecer a população toda a situação política atual.

Fonte e imagens: Blogos

Curtir e Compartilhar: