Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O valor do salário médio no Japão voltou a cair em maio, somando o segundo mês seguido de queda, segundo dados do Ministério do Trabalho, Saúde e Bem-Estar do Japão.

O ministério realizou uma pesquisa com cerca de 30 mil empresas de todo o país para saber o valor médio do salário dos trabalhadores no país. O número considera não somente o salário base, mas também o total ganho com horas-extras.

A média salarial em maio foi de 269.341 ienes, queda de 2,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Foi o segundo mês consecutivo de queda.

A queda se justifica pela pandemia de COVID-19, que tem piorado a situação econômica do país. O número de horas trabalhadas também caiu em maio de 2020 em relação ao ano passado. Entre os que trabalham em período integral, 8,8% dos trabalhadores relataram queda no número de horas trabalhadas, contra 13,4% daqueles que trabalham no regime de meio-período.

A quantidade de horas-extras também caiu para 29,7% dos trabalhadores. Os setores mais afetados foram serviços ligados ao cotidiano, entretenimento, restaurantes e comida.

Por outro lado, o custo de vida no país acabou caindo por conta dos salários mais baixos. A queda foi de 2,1% em relação ao mesmo período do ano passado, representando o terceiro mês seguido de queda.

Curtir e Compartilhar: