Curtir e Compartilhar:

O mercado editorial do Japão está perdendo força, segundo levantamento realizado pelo Centro de Pesquisa Editorial.

As vendas de livros e revistas impressos em todo país voltou a diminuir em 2018. De janeiro a novembro houve queda de 90 bilhões de ienes, caindo para 1,280 trilhões de ienes.

O resultado de 2018 representa o 14° ano seguido de queda. O mercado editorial impresso praticamente encolheu pela metade em 22 anos. Em 1996 ele totalizava 2,65 trilhões de ienes.

A venda de livros ficou em 690 bilhões de ienes, enquanto o de revistas em 580 bilhões. O último recuou 11% em relação à 2017 e os editores não enxergam muitas possibilidades de frear a queda.

Por outro lado, embora a análise dos dados da vendas de publicações eletrônicas não tenham sido concluídas, o centro de pesquisa revelou que a venda de mangás e livros eletrônicos continua subindo.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: