Curtir e Compartilhar:

BRASÍLIA – O advogado-geral da União, André Mendonça, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) autorização para que a polícia possa realizar operações dentro de universidades.

O caso chamou atenção da sociedade brasileira em relação à possibilidade da liberdade de expressão ser controlada dentro das universidades, fato negado por Mendonça, que considera a posição “técnica”.

Para ele, a iniciativa  quer coibir ações classificadas como de “viés ideológico”, termo muito utilizado pelo presidente Jair Bolsonaro. Mendonça é favorável que os professores formentem e debatam sobre temas polêmicos nas instituições de ensino, desde que não “militem” dentro do espaço público.

“Professores precisam ter um comportamento imparcial, tem assunto polêmico, é natural que se debata. Agora, o que não pode haver é uso de professor sendo tendencioso. Seja professor de direita ou de esquerda, que não atue como militante, sem carga ideológica”, disse o ministro.

O caso segue em análise pela ministra Cármen Lúcia, relatora do STF.

Fonte: G1 

Curtir e Compartilhar: