Curtir e Compartilhar:

KOBE – O ministro da Revitalização Econômica do Japão, Yasutoshi Nishimura, visitou no domingo (19) as instalações do Fugaku, o supercomputador japonês.

O Fugaku foi ativado no mês passado e está sendo usado para contribuir com pesquisas sobre a COVID-19, como simular a forma como as partículas contendo o vírus lançadas por um doente podem infectar outras pessoas.

“Queremos que ele avance mais com as simulações e esperamos fortemente que ele contribuía nos avanços das medidas contra a pandemia”, disse Nishimura.

O Fugaku foi ativado antes do previsto por conta da pandemia de COVID-19, as suas grandes capacidades de cálculo, armazenamentos de dados e inteligência artificial, estão sendo usadas por pesquisadores em seus estudos sobre o novo coronavírus.

Curtir e Compartilhar: