Curtir e Compartilhar:

Por conta de uma doença, o ministro Tetsuma Esaki, foi hospitalizado e será substituído no gabinete japonês por outro político já nomeado pelo primeiro-ministro Shinzo Abe.

Tetsuma sofreu de isquemia e foi internado recentemente. Ele passa bem, mas não continuará no cargo, tendo entregado na última terça-feira (27) o seu pedido de renúncia para o parlamento japonês.

Tetsuma atuava como linha de frente nos assuntos referentes à província de Okinawa e aos acordos políticos com a Rússia sobre a questão dos Territórios do Norte ou Ilhas Curilas.

O primeiro-ministro Shinzo Abe recebeu o pedido de renúncia de Tetsuma e já nomeou um novo ministro, Teru Fukui. Ele é membro do Partido Liberal Democrata do primeiro-ministro e parlamentar da Câmara Baixa.

Curtir e Compartilhar: