Curtir e Compartilhar:

As montadoras japonesas estão montando estratégias mais agressivas para as suas linhas de carros elétricos.

A Toyota e a Honda estão à frente das rivais, colocando cada vez mais novidades no mercado nacional. Os pequenos e compactos modelos japoneses prometem ser a nova mania no país depois de anos de domínio dos tradicionais kei jidousha ou carros compactos.

Muitos modelos poderão rodar cerca de 100 km com apenas uma recarga e atingirão uma velocidade máxima de 60 km/h. As montadoras esperam que estes modelos sejam usados nas compras do cotidiano e para se mover em curtas distâncias.

Outras montadoras como a Nissan e a Mazda também pretendem conseguir uma fatia desse mercado, mas apostam em ideias diferentes. A Nissan quer lançar um SUV elétrico, enquanto a Mazda prepara um modelo elétrico para longas distâncias de até 200 km.

O número de veículos elétricos vendidos em 2018 no Japão foi de cerca de 26 mil modelos, cerca de 0,5% do total de carros comercializados. Apesar de parecer pouco, com os novos lançamentos das montadoras, a tendência é que o mercado de carros elétricos se aqueça ainda mais.

Curtir e Compartilhar: