Curtir e Compartilhar:

O pesquisador Donald Keene, de 96 anos, morreu de insuficiência cardíaca no domingo de manhã em um hospital de Tóquio.

Donald era um dos mais famosos pesquisadores estrangeiros de literatura japonesa.

Ele nasceu em Nova York em 1922 e aprendeu a língua japonesa em um colégio militar naval dos EUA.

Depois do fim da Segunda Guerra Mundial, Donald fez um intercâmbio na Universidade de Kyoto. Ao se formar, filiou-se a Universidade Columbia nos EUA, onde lecionou e continuou a pesquisar sobre literatura japonesa durante mais de 50 anos.

Ele foi autor de diversos livros sobre o tema, além de atuar como tradutor de obras literárias japonesas do período clássico até o moderno. No seu repertório de tradução estão obras de autores consagrados como Tanizaki Junichiro, Yasunari Kawabata e Yukio Mishima. Entre os clássicos se destaca a sua tradução do famoso Genji Monogatari.

Donald teve uma carreira acadêmica completa, recebendo diversos prêmios de reconhecimento pelo seu trabalho. Depois de se aposentar, decidiu migrar para o Japão em 2011, pouco tempo depois do Grande Terremoto do Leste do Japão.

Um ano depois ele adquiriu a nacionalidade japonesa e seguiu com as suas atividades até começar a ter complicações de saúde depois dos 90 anos. Nos últimos anos ele teve vários problemas de saúde e precisou ser internado diversas vezes.

No dia 24 de fevereiro por volta das 6h da manhã, ele teve uma insuficiência cardíaca e faleceu.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: