Curtir e Compartilhar:

O último dos 34 sobreviventes do antigo Exército Imperial do Japão, que lutou na ilha de Palau, na Oceania, contras os EUA durante a Segunda Guerra Mundial morreu de câncer colorretal na segunda-feira (4).

Keiji Nagai nasceu em 1921 na atual cidade de Kasama, província de Ibaraki. Durante a Segunda Guerra Mundial ele serviu o Exército Imperial do Japão e lutou contra os EUA ao lado de outros 10 mil japoneses.

As tropas do antigo Exército Imperial foram dizimadas pelos inimigos depois de dois meses de batalha na ilha. Nagai e outros 33 soldados sobreviveram ao conflito e retornaram ao Japão.

Os sobreviventes foram morrendo aos poucos e apenas Nagai seguia vivo, sendo ativo em sua comunidade local e contando a sua experiência como soldado. Infelizmente, o último dos sobreviventes morreu na segunda-feira, dia 4 de novembro de 2019.

A família de Nagai informou que a morte foi por câncer colorretal e o ex-soldado estava internado em um hospital de Ibaraki.

A morte de Nagai representa o fim de um ciclo, pois há cada vez menos sobreviventes do conflito para lembrar os japoneses dos perigos da guerra. Grande parte da nova geração não conhece ou sabe muito pouco sobre o período.

Curtir e Compartilhar: