Curtir e Compartilhar:

Um diário de grande valor literário ligado ao escritor Natsume Soseki está sendo exposto no Museu Infantil de Fukui.

O documento pertencia a Gentaro Matsumoto, filósofo, professor e natural da cidade de Echizen, em Fukui.

O diário de Gentaro e outros 50 itens relacionados ao famoso escritor Natsume Soseki estão expostos até o dia 20 de janeiro no Museu Infantil de Fukui.

Matsumoto lecionava “lógica” na Universidade de Tóquio, na época em que Natsume Soseki estudava na instituição.

Em seu diário estão as notas de Natsume Kinnosuke, o verdadeiro nome do escritor. Ele era um dos melhores alunos de turma, com cerca de 80 pontos no primeiro semestre e 90 no segundo, segundo consta no documento.

O diário, no entanto, não se limita apenas ao registro de classe, consta nele que Gentaro e Soseki voltaram a se encontrar anos mais tarde em Kumamoto.

Na época do reencontro, Gentaro havia assumido um cargo de elite na Universidade de Kumamoto, enquanto Soseki, já adulto e professor, lecionava inglês na mesma instituição.

Nos registros estão relatos do professor e de seu ex-aluno passeando pela cidade, além de visitas de Gentaro a casa de Soseki.

O documento tem grande valor literário, pois revela mais detalhes da vida e carreira de Natsume Soseki, um dos maiores nomes da literatura japonesa.

Muitos dos trechos da biografia de Soseki relatam o período em que esteve como aluno de intercâmbio na Inglaterra por volta de 1900. A ida do escritor a terra da rainha foi quatro anos depois de se tornar professor de inglês em Kumamoto.

Para aqueles que se interessam por literatura japonesa e pelo escritor, vale uma visita ao Museu Infantil de Fukui. Mais informações podem ser encontradas no site oficial em japonês.

Fonte: NHK WEB NEWS

 

Curtir e Compartilhar: