Curtir e Compartilhar:

CARACAS – O atual presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e o líder oposicionista do governo, Juan Guiadó, aceitaram um convite feito pela Noruega para mediar a complicada situação política no país sul-americano.

O convite foi aceito por ambos os lados no sábado (25). Guiadó emitiu um documento afirmando aceitar o convite da Noruega e espera “explorar uma possível saída negociada da ditadura e desta grave crise”

Maduro também se pronunciou em sua conta no Twitter elogiando a Noruega “pelos esforços para avançar pelos diálogos de paz e estabilidade na Venezuela”

O chanceler da Noruega, Ine Eriksen Soreide, agradeceu em nota a resposta positiva dos dois líderes.

“Informamos que os representantes dos principais atores políticos da Venezuela decidiram retornar a Oslo na próxima semana para continuar o processo mediado pela Noruega”, afirmou a nota.

A Noruega não reconhece Guiadó como presidente, mas quer que Maduro convoque novas eleições gerais no país. A posição do país nórdico de não apoiar nenhum dos dois lados foi um fator essencial para que as negociações continuem avançando.

Fonte: G1 

Curtir e Compartilhar: