Curtir e Compartilhar:

Nos USA. o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) revelou que entre 1º de outubro e 1º de fevereiro, um total de 22 a 31 milhões de pessoas foram diagnosticada com influenza nos Estados Unidos, com 10 a 15 milhões de consultas e internações em hospitais. Até o momento 12.000 pessoas já morreram por causa de Influenza e estimasse que esse número pode chegar a 30.000 ainda este ano.

O CDC diz que cerca de 56.000 pessoas morrem de gripe todos os anos nos Estados Unidos. Em 2017 e 2018, uma pandemia de gripe matou cerca de 61.000 pessoas.

No início de janeiro, o New York Times publicou um artigo dizendo: CDC” alerta que a temporada de gripe  pode ser catastrófica”. O número de pessoas infectadas com influenza começou aumentar no final de novembro do ano passado, o que foi extremamente rápido. Inicialmente, o número de pessoas infectadas aumentou, especialmente nas partes sul do Texas e na Geórgia, mas depois se tornou maior na Califórnia.

A gripe Influenza atinge adultos e crianças e até o momento foi registrado 78 mortes de crianças. Nem sempre apenas as vacinas são eficaz um dos motivos é que o vírus sofre mutação e a probabilidade da vacina funcionar é de 10 a 60%.

A epidemia de Influenza nos Estados Unidos neste ano foi inicialmente dominada pelo tipo B, mas depois se tornou o tipo A.  Influenza tipo B nos Estados Unidos afeta mais crianças, incluindo recém-nascidos e jovens até os 24 anos. O tipo A tem como alvo pessoas de 25 a 64 anos de idade. Idosos com mais de 70 anos de idade são as principais vitimas.

 

Curtir e Compartilhar: