Curtir e Compartilhar:

A Organização Mundial da Saúde diz que realizará sua segunda reunião de emergência na quinta-feira para avaliar se o surto de coronavírus constitui uma emergência internacional de saúde.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse a repórteres na quarta-feira: “O aumento contínuo de casos e evidências de transmissão de homem para homem fora da China é obviamente preocupante. Embora os números fora da China ainda sejam relativamente pequenos, eles têm o potencial de um surto muito maior “.

A agência de saúde da ONU realizou sua primeira reunião de emergência há uma semana.

Concluiu que era muito cedo para declarar uma emergência de saúde internacional.

Nesse ponto do surto, a transmissão de homem para homem havia sido descoberta apenas na China.

Na terça-feira, o diretor-geral Tedros se reuniu com o presidente chinês Xi Jinping e as autoridades de saúde em Pequim e compartilhou as informações mais recentes sobre a situação.

O número de infecções confirmadas atingiu quase 6.000, com mais de mil pessoas em estado grave. A China já tem mais casos do que os relatados durante a epidemia de SARS em 2003.

Os casos estão se espalhando para fora da China continental.

Suspeita-se de casos de transmissão humano a humano no Vietnã, Taiwan, Japão e Alemanha.

Curtir e Compartilhar: