Curtir e Compartilhar:

Naganohara. cidade na província de Gunma, começou um teste com um ônibus anfíbio com o objetivo de facilitar o turismo e o transporte de mercadorias.

A equipe do projeto envolvendo o Instituto de Tecnologia de Saitama e outras entidades tem acomo meta colocá-lo em uso prático em cinco anos, segundo representantes.

A equipe garantiu um orçamento de cerca de 250 milhões de ienes ($ 2,36 milhões) para o ano fiscal que termina em março de 2021, com uma contribuição da Fundação Nippon.

O projeto quer aproveitar ao máximo a tecnologia de inteligência artificial, os engenheiros devem desenvolver um novo sensor para o veículo, pois a oscilação na terra e na água difere, disse o instituto. Os testes sem motorista será realizado principalmente no inverno, quando o ônibus, com capacidade para 40 pessoas, não é utilizado para os passeios.

“Se isso for realizado, podemos transportar mercadorias entre ilhas remotas sem transbordo ou troca de motoristas e podemos manter um custo de operação baixo”, disse Daishi Watabe, professor de engenharia do instituto.

Atualmente o ônibus turístico está operando levando os visitantes até pontos turísticos e um local para camping. ao redor da Represa Yamba.

“Estou profundamente emocionado com o início deste desenvolvimento tecnológico e pioneiro no mundo na barragem de Yamba”, disse Chikao Hagiwara, prefeito de Naganohara, acrescentando que a cidade gostaria de utilizar o local como um recurso turístico.

Ônibus de turismo anfíbio em operação próximo da barragem de Yamba em Gunma. Foto: Kyodo

A barragem de Yamba foi concluída no final de março, 68 anos após as pesquisas iniciais terem sido realizadas. Foi contestada por alguns residentes locais e a construção foi brevemente suspensa depois que o governo liderado pelo Partido Democrata do Japão assumiu o poder em 2009 com a promessa de reconsiderar projetos de obras públicas em grande escala.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: