Curtir e Compartilhar:

GENEBRA – A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou na segunda-feira (1) um relatório alertando para os riscos a economia mundial decorrentes do aumento da temperatura na Terra.

Segundo o relatório, as temperaturas na Terra aumentarão em cerca de 1.5° C até o final do século, fazendo com que o tempo de trabalho até 2030 caia em todo o mundo em cerca de 2,2%.

As áreas mais afetadas são os trabalhos feitos ao ar livre ou que dependem do clima, como é o caso da agricultura e do setor de construção.

A OIT estima que 80 milhões de pessoas serão impactadas pela medida, sendo que as regiões que mais sofrerão com o problema estão no norte da Ásia e no oeste da África. Nestas duas regiões a redução das horas de trabalho ficará em 5,3% e 4,8%, respectivamente.

A organização estima que os prejuízos econômicos decorrentes do aumento da temperatura serão da ordem de 2,4 trilhões de dólares em 2030.

No relatório, a OIT pede que os governos ao redor do mundo lancem medidas para proteger o ambiente de trabalho de seus empregados.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: