Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A polícia acusou por porte de maconha, um homem já indiciado pela morte por negligência de sua enteada de cinco anos, referindo-se à uma nova acusação aos promotores.

Segundo a polícia, Yudai Funato, de 33 anos, supostamente possuía várias gramas de maconha seca em sua casa em Tóquio, em março.

A maconha foi encontrada na bolsa de Funato durante uma invasão policial na casa quando ele foi preso por suspeita de agredir sua enteada Yua em 3 de março, informou a polícia.

Em junho, Funato e sua esposa Yuri, a mãe de 26 anos de Yua, foram presos e acusados ​​de negligência, o que resultou na morte da menina. O suposto abuso do casal à menina incluiu agressão física, não lhe dando comida suficiente e não a levando para o hospital.

Yua pesava apenas cerca de 12 quilos quando morreu em 2 de março, em comparação com uma média de 20 quilos para meninas de sua idade.

A polícia encontrou um caderno na casa em que a pequena Yua escrevia mensagens implorando a seus pais que parassem com o tratamento violento e abusivo com ela. A descoberta levou o governo a convocar uma reunião em meados de junho e decidiu tomar medidas urgentes em cerca de um mês para salvar crianças de abuso infantil.

Curtir e Compartilhar: