Curtir e Compartilhar:

JACARTA – A Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN) se reuniu na sexta-feira (26) em uma videoconferência para falar sobre a geopolítica da região.

Antes da reunião, esperava-se críticas a China, pela forma como o governo chinês tem avançado pelo Mar do Sul da China, com a construção de várias bases militares em ilhas localizadas na Zona Econômica Exclusiva de alguns países, como Vietnã e Filipinas.

Apesar do grupo formado por Tailândia, Filipinas, Malásia, Singapura, Indonésia, Brunei, Vietnã, Mianmar, Laos e Camboja não terem mencionado diretamente a China, o teor das críticas deixa claro de qual país da Ásia as nações do ASEAN estão criticando.

“Enquanto o mundo toma medidas para lutar contra o coronavírus, estão ocorrendo atividades irresponsáveis que vão contra as normas internacionais e afetam a segurança de nossa região”, disse o primeiro-ministro do Vietnã, Nguyễn Xuân Phúc.

Ele seguiu dizendo que os países do bloco seguem atentos para as atividades e fatos que estão ocorrendo na região, mostrando seu descontentamento com a China.

Os países do ASEAN também concordaram em cooperar entre si para tomar medidas contra a COVID-19, sobretudo, políticas econômicas que possam permitir aos países superarem a pandemia sem grandes perdas econômicas.

Curtir e Compartilhar: