Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO (IPC Digital) – Para o ano fiscal de 2015, as grandes corporações japoneses, excluindo o setor financeiro, caminham para o segundo ano consecutivo de recorde do lucro combinado, em parte, devido à queda do preço do petróleo, matérias-primas e desvalorização do iene, revelou um levantamento feito pela seguradora SMBC Nikko.

No entanto, a desaceleração da economia da China afetou alguns setores, lançando uma sombra sobre o resultado otimista.

De acordo com estimativas, o lucro líquido combinado do ano fiscal de 2015, que terminará em março, crescerá 15,2% em relação ao ano fiscal de 2015, atingindo ¥23,52 trilhões, cerca de US $192 bilhões. A estimativa foi baseada nos resultados divulgados por 1.222 empresas listadas na bolsa de valores de Tóquio.

Por setor, a indústria têxtil deverá dobrar o lucro líquido em relação ao ano de 2014, com a queda dos preços das matérias-primas. O setor de varejo deverá registrar um aumento de 54,3% no lucro líquido, em meio ao crescente número de turistas estrangeiros que visitaram o Japão em 2015.

Curtir e Compartilhar: