Curtir e Compartilhar:

O PIB da China cresceu 6% entre julho e setembro de 2019, segundo o Departamento de Estatística Nacional da China.

O crescimento foi calculado em relação ao mesmo período do ano passado, o que resultou no menor nível de crescimento da economia chinesa desde 1992.

O percentual de crescimento do trimestre anterior havia sido de 6,2%, que era o menor nível de até então. É o segundo trimestre seguido de queda da economia chinesa.

As causas são a prolongada guerra comercial com os EUA, que devem desacelerar a economia do país à longo prazo. Isto tem levado as empresas chinesas a limitarem os seus investimentos em infraestrutura, assim como, tem diminuído o consumo de carros novos na China, que é um dos maiores mercados de automóveis do mundo.

O governo da China está tentando conter o desaceleramento de seu crescimento econômico emitindo títulos públicos para investir em obras de infraestrutura, porém, não está conseguindo impedir a queda do crescimento econômico do país.

Curtir e Compartilhar: