Curtir e Compartilhar:

Novos dados divulgados pelo governo japonês revelam que o PIB do país teve queda no último trimestre do ano passado, uma vez que o aumento do imposto sobre consumo afetou os gastos do consumidor.

O PIB caiu 6,3% no período de outubro a dezembro. Foi a primeira contração nos últimos cinco trimestres. Foi também a maior queda desde o último aumento do imposto em 2014. No segundo trimestre daquele ano, o PIB teve queda de 7,4%.

Os gastos do consumidor representam mais da metade do Produto Interno Bruto do Japão. Eles tiveram queda de 2,9% após o aumento do imposto sobre consumo de 8 para 10% no início de outubro do ano passado. Vendas de carros e eletrodomésticos despencaram. O inverno mais quente e uma série de fortes tempestades também contribuíram para a queda.

Investimentos corporativos caíram 3,7%. Exportações tiveram redução de 0,1%. Ambas as quedas decorrem em grande parte da desaceleração da economia global causada pela disputa comercial entre EUA e China.

Alguns especialistas preveem mais um trimestre fraco no período de janeiro a março caso o coronavírus não seja contido em breve.

Curtir e Compartilhar: