Curtir e Compartilhar:

A polícia de Okinawa, no extremo sul do Japão, está se trabalhando para evitar que as pessoas durmam na estrada enquanto estão intoxicadas, com mais de 7.000 casos registrados apenas em 2019, alguns resultando em acidentes fatais

Chamado de “rojo-nē” ou “dormindo na estrada”, a polícia não sabe ao certo por que as pessoas fazem isso, seja talvez pelo clima quente ou pela maneira descontraída dos moradores.

“Eu nem conhecia o termo ‘rojo-nē’ antes de vir para Okinawa. Acho que é um fenômeno exclusivo da ilha”, disse Tadataka Miyazawa, que assumiu o cargo de chefe de polícia da prefeitura em dezembro de 2019.

De acordo com a força, já foram 7.221 chamadas de emergência feitas em relação a pessoas dormindo nas estradas naquele ano. Às vezes, as pessoas adormecem não na calçada, mas na rodovia, e em 2019 ocorreram 16 acidentes, incluindo casos em que foram atropelados por carros. Três homens morreram como resultado de rojo-nē naquele ano.

A polícia afirma que algumas pessoas dormem usando o meio-fio como travesseiro, aparentemente porque são frescas e confortáveis, e há casos em que mulheres tiram a roupa por acreditarem erroneamente que já chegaram em casa.

Fonte: The Mainichi – Foto: Polícia da Província de Okinawa / Yaeyama

Curtir e Compartilhar: