Curtir e Compartilhar:

Tóquio – A política de incentivo a cultura pop japonesa no exterior conhecida como “Cool Japan” tem apresentado resultados positivos na Europa e na Ásia, mas pequenas mudanças precisam ser realizadas segundo conclusões do Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do Japão.

O Ministério afirmou que 45% dos recursos destinados à empresas locais envolvidas com jogos, animes, mangás, turismo, música, artes e etc, está sendo destinada para empresas e áreas com pouca necessidade de ajuda financeira, como o processo de dublagem e legenda de animes e jogos.

O Ministério ressaltou que essas áreas já estão bem desenvolvidas e que o ideal seria investir em setores ainda não desenvolvidos. Diante das conclusões, o relatório foi enviado ao Ministério de Economia, Comércio e Indústria do Japão, pedindo uma reavaliação das estratégias econômica e um investimento centrado em novas áreas e negócios.

Outra conclusão importante do Ministério é que os esforços do Cool Japan tem se concentrado quase que exclusivamente na Ásia e na Europa. Cerca de 3/4 de todas as políticas de promoção cultural e envio de artistas para o exterior estão sendo realizadas para essas regiões.

Em relação a essa questão, o Ministério alertou o Ministério da Cultura do Japão para criar novas estratégias de promoção e avanço para países de outras regiões como a Oceania, África, América do Norte e América Latina.

O Cool Japan foi criado em 2012 pelo Gabinete do Governo Japonês e já contribuiu com 264,7 bilhões de ienes (R$8,7 bilhões) em ajuda de custo para projetos ligados a cultura pop japonesa.

Fonte: NHK WEB NEWS
Imagem: JapanAmerica Blog

Curtir e Compartilhar: