Curtir e Compartilhar:

O Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão informou que na segunda-feira (5) o preço de 14 verduras e legumes no Mercado Central de Tóquio estava apenas 1,3 vezes maior do que a média anual.

Parte das verduras e legumes já havia voltado ao preço normal, como o caso da cebolinha, na primeira metade de outubro, e do tomate, na segunda metade do mês.

Outros produtos devem ficar mais baratos no decorrer do mês de novembro. A alta dos preços meses atrás teve como principais causas, a grande quantidade de tufões durante o verão japonês, aliado aos poucos dias de sol até a metade do ano, o que diminuiu a safra de legumes e verduras.

Já a queda nos preços ocorreu por conta de um otimismo no mercado, que com a melhora do clima e da produção acredita em uma queda constante dos preços.

Por outro lado, alguns produtos, como a cenoura, ainda estão com os preços 1,7 vezes acima do normal, com baixa possibilidade de dimiuir até o final do ano. A província de Chiba é a grande região produtora de cenoura, mas por conta do forte tufão de n°24 que passou por Kanto, os danos atrasaram a produção e será difícil aos produtores recuperarem o tempo perdido.

O Ministério da Agricultura, Silvicultura e Pesca do Japão, no entanto, manteve a postura otimista. O ministério acredita que se o tempo não piorar por conta de tufões, incomuns nessa época do ano, a tendência é que o preço da maioria dos legumes e verduras se estabilize nos próximos meses.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: