Curtir e Compartilhar:

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, discursou diante de representantes do mundo econômico da China na terça-feira (24) em Chengdu, no sudoeste da China.

Abe participa da reunião de cúpula entre Japão, Coreia do Sul e China. Na terça-feira foi realizada a Bussiness Summit, voltada a discutir sobre as relações econômicas e comerciais dos três países.

O premiê japonês lembrou que Japão, China e Coreia do Sul possuem 1/5 do PIB mundial e são nações que movimentam a economia mundial. Ele lembrou aos líderes de China e Coreia do Sul que os três juntos carregam uma grande responsabilidade dentro da sociedade internacional. Abe fechou seu discurso dizendo que independente das desavenças entre os governos dos três países, é importante avançar com a promoção do intercâmbio humano entre os três lados.

O discurso de Abe visa intensificar as relações comerciais com China e Coreia do Sul, além de novos acordos de livre comércio com toda a Ásia, que dependem em grande parte, da vontade de China e Coreia do Sul, além de outros gigantes econômicos da região, como a Índia.

O Japão tenta diversificar suas parcerias econômicas diante do protecionismo cada vez maior do presidente americano Donald Trump, embora ainda mantenha um alinhamento no campo político e militar com Washington.

Curtir e Compartilhar: