Curtir e Compartilhar:

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, voltou atrás e manterá sua agenda de visitas ao Oriente Médio no próximo fim de semana.

A visita de Abe a região esteve ameaçada depois da escalada de tensões entre EUA e Irã na primeira semana de 2020.

O premiê japonês visitará a Arábia Saudita, os Emirados Árabes Unidos e Omã. O governo japonês pretendia adiar a visita de Abe, mas com os líderes do Irã e dos EUA sinalizando que não pretendem e desejam uma guerra, o Ministério das Relações Exteriores do Japão informou que a viagem deve seguir conforme o planejado.

A notícia foi revelada pelo próprio ministério em uma coletiva de imprensa na quinta-feira (9).

Abe pretende visitar estes três países e apresentar a posição do Japão em relação aos fatos que têm atingindo o Oriente Médio nas últimas semanas.

Curtir e Compartilhar: