Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A produção total (nacional e internacional) de veículos das montadoras japonesas se reduziu em 60% no mês de maio de 2020, quando comparado ao mesmo período do ano anterior.

As oito maiores montadoras japonesas anunciaram que venderam 916.700 veículos no Japão e exterior no último mês de maio, queda de 61% em relação ao mesmo período do ano passado.

O motivo é a pandemia de COVID-19 que diminuiu a demanda por veículos no mundo, obrigando as montadoras a reverem a sua produção.

A produção no Japão diminuiu em 61%, segundo as montadoras. Por outro lado, na China foram produzidos 426.900 veículos, alta de 6% em relação ao mês anterior, mostrando sinais de recuperação.

A montadora que mais tem sofrido com a crise é a Nissan, que viu sua produção decair 62%. A Toyota vem em seguida com 54% de queda.

A expectativa é que a produção se recupere nos próximos meses, já que muitos países e o Japão estão aos poucos reativando a sua economia.

Por outro lado, será preciso ficar atento a uma possível segunda onda da doença no mundo todo.

Curtir e Compartilhar: