Curtir e Compartilhar:

OSAKA – As províncias do Japão que ainda seguem dentro do Estado de Emergência decretado pelo governo japonês por conta da pandemia do COVID-19, estudam sair dessa situação em breve.

As mais interessadas em deixar o Estado de Emergência são as províncias localizadas na região de Kansai, no centro do Japão, Na região, Osaka, Kyoto e Hyogo seguem no Estado de Emergência.

As três províncias querem definir as medidas a serem tomadas para sair do Estado de Emergência amanhã (21). Osaka, Kyoto e Hyogo registraram poucos casos de infecção pelo COVID-19 na última semana e preenchem os requisitos estipulados pelo governo japonês para sair do Estado de Emergência.

O governo japonês estipula que para sair do Estado de Emergência é preciso que os novos casos de pessoas infectadas em uma semana fique na proporção de 0,5 pessoa para cada 100 mil habitantes.

Um funcionário ligado ao governo japonês, revelou que Tóquio considera que as províncias em Kansai estão em uma situação mais tranquila em relação ao COVID-19. O governo central teria dado sinal verde para as províncias da região começarem o processo de saída do Estado de Emergência.

Por outro lado, as províncias da região metropolitana de Tóquio também dão sinais de querer sair do Estado de Emergência. No entanto, Tóquio e Kanagawa ainda não cumprem os requisitos para tal. Apenas Yokohama e Chiba estão dentro das exigências. Contudo, o número de novos casos em Tóquio diminuiu para menos de 10 por dia durante a última semana. A decisão nestas regiões será tomada junto aos especialistas da área médica.

Por fim, Hokkaido é uma região que não deve sair do Estado de Emergência tão cedo. Uma nova onda de casos foi detectada esta semana na região, o que dificulta o processo de retirada.

Curtir e Compartilhar: