Início Nacional Quase 40% dos professores no Japão trabalham mais de 80 horas mensais...

Quase 40% dos professores no Japão trabalham mais de 80 horas mensais fora do horário de expediente, segundo pesquisa

453
Curtir e Compartilhar:

Uma pesquisa realizada pela Associação de Professores do Japão revelou que cerca de 40% dos professores trabalham mais de 4 horas fora do horário normal de expediente durante os dias de semana.

O levantamento foi realizado na internet, com professores de todos os graus. Foram coletadas respostas de 11.125 pessoas.

Segundo os dados da pesquisa, 97% dos professores afirmaram trabalhar fora do horário de expediente, sendo que o percentual daqueles que passaram de 80 horas mensais ou 4 horas diárias durante a semana foi de 38%.

Nos finais de semana a situação é um pouco mais tranquila, embora 59% dos professores trabalhem em média 2 horas no sábado ou domingo.

A associação emitiu uma nota afirmando que: “Os dados mostram que a maioria dos professores trabalham fora do horário de expediente. É importante considerar esses dados nas discussões referentes à reforma no sistema de trabalho”.

O governo japonês estuda formas de melhorar o ambiente de trabalho em vários empregos, especialmente dos professores. Apesar de ser uma das profissões de maior prestígio no país, é também uma das mais exigentes no quesito “número de horas trabalhadas”.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: