Curtir e Compartilhar:

OTA – Quatro vietnamitas que entraram no Japão como estagiários técnicos foram presos sob suspeita de abate ilegal de um porco em seu apartamento, informou a polícia na quarta-feira (28).

A polícia da província de Gunma vai investigar se os acusados tem conexão com uma recente série de roubos de gado em grande escala na região norte de Kanto. 

Os presos são Cao Xuan Tung, 27, Nguyen Van Ngoc, 32, Tran Viet Hao, 22, e Nguyen Dung Hop, 32. Eles viviam em um apartamento na cidade de Ota.

Eles são suspeitos de massacrar os porcos no apartamento em que moravam no mês de julho deste ano.

A lei proíbe um indivíduo de abater uma vaca ou um suíno em um local diferente de um matadouro, a menos que obtenha permissão prévia do governo da província para o consumo pessoal da carne.

Os suspeitos podem pegar até três anos de prisão ou uma multa de até 3 milhões de ienes ($ 28.700) se condenados.

A polícia disse ter prendido Tung em um campo em Ota no dia 4 de outubro, sob suspeita de roubo de cinco cabeças.

Durante a investigação, a polícia descobriu que o apartamento do suspeito se parecia com uma imagem postada nas redes sociais como uma imagem que se acredita estar ligada a uma série de roubos de gado relatados na região de Kanto.

Os policiais descobriram também facas de açougueiro e muitos sacos plásticos contendo carne de porco no apartamento.

Tung foi preso novamente sob suspeita de violar a lei do matadouro em 22 de outubro. Os outros três foram presos em 28 de outubro sob suspeita de abate ilegal.

Uma mulher que morava perto de seu apartamento disse que a porta sempre ficava fechada mesmo no verão.

Outro morador disse que os vietnamitas costumam ser vistos secando lençóis.

A polícia vai invetigar o possível envolvimento dos homens em uma série de roubos relacionados à agricultura na região, com perdas estimadas em mais de 30 milhões de ienes.

Em Gunma foram relatados roubos de 719 porcos, uma vaca e 144 galinhas, enquanto que em Saitama, oito cabras, cerca de 130 porcos e 80 galinhas foram roubadas Na província de Tochigi foram roubadas seis vacas.

Fonte: Asahi Shimbun

Curtir e Compartilhar: