Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – O governo japonês publicou na terça-feira (23) o “Relatório Econômico e Financeiro 2019”.

O relatório afirma que as empresas japonesas precisam incentivar mais a “diversidade” e “flexibilidade” para aumentar a produção.

Entre as medidas é citada a necessidade de dar mais espaço para as mulheres, idosos e estrangeiros no mercado de trabalho, especialmente para o caso de ocupações que exigem alta qualificação.

O relatório estima que as empresas que incentivam a diversidade apresentaram 1,3% a mais de produtividade que as de baixa diversidade, assim como, companhias mais flexíveis mostraram de 2,1% a 2,4% mais produtividade.

Além disso, o sistema tradicional de trabalho japonês, baseado no tempo de serviço e na idade é um entrave que diminui a produtividade das empresas. O relatório cita a necessita de rever este modelo.

Para o governo é necessário uma combinação de diversidade, flexibilidade e novas formas de trabalho e contrato de emprego.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: