Curtir e Compartilhar:

Nunca se sabe quando podemos nos deparar com acidentes. Mas sempre podemos ajudar alguém próximo, se tivermos conhecimentos simples e básicos, até que chegue ao pronto-socorro. Eis aqui 7 situações.

Qualquer que seja a situação, mantenha a calma, acima de tudo.

1- Ferimentos com grande hemorragia

  • Deite a pessoa em posição horizontal pois isso facilita (preserva) a circulação do sangue entre o coração e cérebro.
  • Pressione fortemente o local com gaze ou pano limpo (um absorvente higiênico feminino é bem útil). Se possível, use luvas descartáveis a fim de evitar contaminações. Se for um dos membros, posicione-o para cima verticalmente. Isso diminui a propulsão do sangue pelo coração e diminui o retorno venoso.
  • Se a hemorragia do membro não cessar com este manuseio, pode ser que tenha atingido uma artéria e de grande calibre (e não uma veia). Neste caso, faça um torniquete com toalha a alguns centímetros acima do ferimento, isto é, na região mais próxima ao coração.
  • Se a gaze ou o pano ficar encharcado com sangue, não o troque e nem o remova para não interromper o processo de coagulação; apenas coloque um novo por cima.

2- Fraturas (ou possíveis fraturas) e entorse

  • Exponha a área da fratura ou do entorse, isto é, descubra a área afetada, cortando ou rasgando a roupa. Poderá ver que o local comprometido está deformado, inchado e até com sangramento subcutâneo, acompanhado de muita dor. Em caso de fratura exposta, verificará a ponta do osso perfurando a pele.
  • Imobilize as articulações acima e abaixo do membro (uma articulação antes e outra depois da fratura) ou local lesado, para possibilitar o mínimo de movimento. Improvise a imobilização com tala (pedaço de madeira, papelão, guarda-chuva, bengala, por exemplo) devidamente acolchoada com panos para não piorar a dor e desconforto à vítima;
  • Não tente colocar possíveis fragmentos de ossos expostos para dentro;
  • Não provoque compressões do local e mantenha a redondeza limpa;
  • Transporte a vítima com o mínimo de movimento possível;
  • Não ofereça alimentos pois em caso de necessidade cirúrgica, a pessoa deve estar em jejum.

3- Queimadura

  • Resfrie o local com soro fisiológico ou água corrente fria em abundância até que a dor amenize. Caso o estímulo da água corrente direta sobre o local afetado cause dor, mergulhe-o em um recipiente (balde, bacia, panela grande, etc.) com água fria e deixar escorrer a corrente de água indiretamente.
  • Caso o local do corpo estiver coberto com roupas, não descubra de imediato. Primeiro, jorre a água corrente até que esfrie a parte afetada, e descubra-o vagarosamente. Se estiver grudado, não descole às forças, coloque toalha molhada com água gelada em cima e transporte a vítima o mais breve possível para um atendimento de socorro.
  • Nunca estoure as bolhas já formadas nem retire a pele das que já estouraram.
  • Nunca coloque gelo, pois estes também causam queimadura fria.
  • Não aplique receitas caseiras como manteiga, creme dental no local afetado.

4- Engasgamento

– tossir imediatamente para expelir o alimento (ou corpo estranho) que entrou erroneamente nas vias aéreas. Geralmente algumas tossidas resolvem a situação. Caso o alimento for um pedaço grande, abrace a vítima por trás dela e pressione em direção à cabeça com as 2 mãos fechadas, a altura da boca-do-estômago. Caso seja criança (que se engasgou com botão, bolinha ou pedrinha, por exemplo), virá-la de ponta cabeça e fazer tossir.

5- Ingestão de substâncias não alimentares (cosméticos, produtos de limpeza, etc.)

– não force o vômito, pois isso pode provocar lesão da mucosa digestiva ao causar o refluxo do produto. Leve a vítima imediatamente ao pronto-socorro junto com o produto ingerido para informar a sua toxicidade. O conteúdo será removido com sonda e talvez aplicado soro.

6- Espetada de corpo estranho no olho

Proteja o olho com um copo de papel (ou qualquer recipiente leve que faça um vão entre o olho e a gaze) e envolver com gaze os 2 olhos. É importante que ambos os olhos estejam vedados, para impedir fricção do objeto espetado no olho. (Os olhos se locomovem bilateralmente juntos, e se deixar descoberto o olho sadio, este se mexerá ao ver e prejudicará o olho afetado. Ir imediatamente ao pronto-socorro.

7- Acidente vascular cerebral- AVC (hemorragia/ isquemia)

Ao perceber que alguém está com repentina fala descoordenada, movimento estranho do membro, feição estranha, desvio dos olhos, queixa de dor de cabeça intensa, suspeite de AVC e chame imediatamente uma ambulância. Deitar a vítima com a cabeça elevada e afrouxar as vestes. Não oferecer água ou comida.

Para chamar ambulância, ligue 119 e diga KYUUKYUU DESSU (é emergência, por favor). Peça para alguém que estiver perto que fale a língua japonesa transmitir a situação e informar o endereço do local.

Por:Elza S.M.Nakahagi, médica do SABJA-Disque-Saúde do Conselho de Cidadãos do Consulado Geral do Brasil em Nagoia. Autora dos dicionários e aplicativos de Termos Médicos e Odontológicos.

Curtir e Compartilhar: