Curtir e Compartilhar:

ELZA NAKAHAGI (IPC Digital) – Quantas de nós já não falamos: “hoje eu começo uma boa dieta!”; ou, “esta semana eu começo caminhadas!”, ou, “agora sim, eu vou me dedicar para estudar japonês!” …, e assim por diante, e uns tempos depois, já havermos relaxadas sem êxito do objetivo.

Segundo cientistas, o hábito passa por 3 etapas até ser estabelecido no cérebro:

  1. O estímulo
  2. A rotina
  3. A recompensa

O estímulo é o “start” que se dá ao cérebro. Por exemplo, no caso da caminhada, seria o vestir uma roupa adequada e o calçar o tênis; no caso do estudo do japonês, seria pegar o livro, o caderno e o dicionário didáticos.

Para isso, é necessário uma pequena programação e o cumprimento da rotina por pelo menos 21 dias consecutivos, alguns dizem por 30 dias também consecutivos, e então terá o prazer da recompensa, que é apreciar o resultado da sua proposta.

O cérebro tem a esperteza de utilizar menos energia possível para uma atividade, por isso, uma vez estabelecida a rotina, ele comanda o ato automaticamente (ex: um principiante na autoescola precisa pensar para ativar cada etapa ao dirigir, ao passo que ao adquirir a prática no volante, consegue dirigir quase que automaticamente).

Focando sobre a dieta para perder peso, o estímulo seria comer saudável: não pular refeição, escolher conteúdo menos calórico e quantidade um pouco menor que o acostumado para cada refeição, comprar alimentos e produtos pensando no equilíbrio da dieta, colher e filtrar informações sobre nutrição, etc.

A rotina seria estabelecer a ordem de ingestão dos alimentos, começando por fibras (verduras, legumes, algas, grãos, etc.), depois as proteínas (carnes, peixes, aves) e por fim os carboidratos (arroz, pães, massas, etc.). Estudos comprovam que esta ordem de ingestão diminui a absorção do açúcar e consequentemente, o depósito em forma de gorduras no organismo.

Em seguida, ter cuidado como hábito, comer em bocados pequenos e mastigar pelo menos 20 vezes cada bocado, pois isso emite ao cérebro sensação de saciedade antes de estar realmente pleno. Isso faz com que diminua o volume da refeição além de aumentar a salivação. A saliva contém várias enzimas como a amilase salivar ou a pitialina, que ajuda a digestão.

cerebro

Também, pingar vinagre em alimentos gordurosos ajuda diminuir a deposição de gordura visceral. Para isso, é bom ter sempre na bolsa, 100 a 200 ml de vinagre em tubinho (vendido nas lojas de 100 ien–shop).

É importante ter como rotina não beber refrigerantes, principalmente durante a refeição. Por fim, evitar a rotina de se deitar logo após a refeição.

Junte-se a isto o hábito da caminhada. O resultado de uns bons quilos e centímetros a menos será a sua recompensa. Uma vez estabelecido esta rotina pelo tempo acima descrito, terá automaticamente fixado um dos hábitos da sua boa saúde.

OBS: Tenha cuidado para maus hábitos também. Como mencionei, o cérebro escolhe a menor rota de energia para executar uma atividade. Então, se está em dieta para perder peso, vigie-se se não tem o hábito de chegar em casa e ir direto à geladeira para tomar uma (ou mais) cerveja ou refrigerante, de comer (pedaço ou inteiro de) um doce após a refeição, de comer um doce com amargo do café.

Curtir e Compartilhar: