Curtir e Compartilhar:

A labirintite (Meiroen) é um conjunto de sintomas de causa desconhecida que afeta o sistema regulador de equilíbrio estático, podendo causar também distúrbio auditivo. Esta doença é caractrizada por alteração da acuidade auditiva, zumbido no ouvido e tontura, sintomas que surgem de repente, mas geralmente após uma fase de descompensação emocional.

O zumbido é de baixa tonalidade, referido como um murmúrio ou ronco e a alteração da acuidade auditiva é de grau variável. Ambos costumam ser unilaterais. A tontura surge posteriormente aos sintomas anteriores, caracterizada como uma tontura giratória, e um mal estar como se estivesse “flutuando” ou “dentro de um barco em altas ondas do mar”, principalmente ao virar a cabeça rapidamente de um lado para outro.

Existe uma doença chamada Doença de Ménière (Menieerubyou) , que é similar à labirinite, e no Japão, é muitas vezes denominada por este nome ao se referir à labirintite, no entanto, no primeiro caso, há alterações histopatológicas específicas no ouvido interno (labirinto com dilatação dos espaços endolinfáticos sem reação inflamatória) e no segundo não.

Os sintomas podem permanecer entre semanas a meses, conforme a gravidade de cada paciente. O seu tratamento consiste em aliviar os sintomas da tontura e enjôo com antihistamínicos e antihemético (medicamento contra vômito e enjôo). Orienta-se a realizar exercícios leves para aumentar o metabolismo e elevar o sistema imunológico, ter uma dieta equilibrada e a trabalhar no alívio do seu estresse, com sono constante, atividades prazeirosas e repouso físico e emocional.

O departamento de consulta para a labirintite é o Otorrinolaringologia (Jibiin kouka, ou abreviado, Jibika).

Por: Elza S.M.Nakahagi

(Médica do SABJA-Disque-Saúde do Conselho de Cidadãos do Consulado Geral do Brasil em Nagoya. Autora dos Dicionários de Termos Médicos e Dentários).

Curtir e Compartilhar: