Curtir e Compartilhar:

ELZA NAKAHAGI (IPC Digital) A unha encravada, nada mais é que a penetração de sua ponta na pele. Na maioria dos casos, ocorre quando a unha é cortada de maneira inadequada e, ao encravar, forma uma barreira ao seu crescimento contínuo. Ela vence essa barreira, à força, penetrando na pele, o que causa um processo inflamatório doloroso e pode gerar infecção secundária.

O uso de calçados inadequados, com ponta fina ou número menor, também são causas de unha encravada. Caso não seja tratada, pode se transformar em um granuloma piogênico, isto é, formar uma carne esponjosa com acúmulo de pus e com inflamação ao redor da unha. O dedo mais atingido é o polegar dos artelhos (“dedão do pé”).

O tratamento consiste em higiene frequente com a elevação das pontas das unhas com gaze ou algodão. Não cortar a unha afetada em crescimento até que as bordas fiquem livres da pele. Em casos mais avançados é indicado o procedimento cirúrgico, com a remoção do tecido inflamado ou destruição da matriz da unha, pela retirada parcial desde o leito ungueal.

Em caso de infecção, é necessário o uso de antibiótico oral e local. Nos casos de granuloma piogênico, devem ser tratados com cauterização química ou com eletrocoagulação.

No Japão o seu tratamento tem sido feito pela correção do crescimento da unha por fixação de um fio fino de metal ultra-flexível com intuito de liberar os cantos da unha.

O tratamento, indolor, leva de algumas semanas a alguns meses para a cura total. Porém, o Seguro de Saúde não cobre os gastos que, em média, costumam ser de 4.500 ienes para a primeira consulta, 2.000 ienes para o retorno e 4.000 ienes pelo fio de metal, que é cobrado à parte. Este método compensa muito, devido ao alívio da dor, que é quase imediato.

Como prevenção, deve-se cortar a unha de maneira reta e não muito rente ao dedo, deixando uma pequena borda livre; não retire a cutícula e utilize calçados abertos ou com a ponta que permita a liberdade dos dedos.

A Dra. Elza S. M. Nakahagi é médica do SABJA-Disque-Saúde do Conselho de Cidadãos do Consulado Geral do Brasil em Nagoia. Também é autora dos dicionários e aplicativos de Termos Médicos e Odontológicos. (SABJA-Disque-Saúde tel: 080-4083-1096, 050-6864-6600) 

Curtir e Compartilhar: