Curtir e Compartilhar:

A Sharp encerrou na sexta-feira (21) a produção de televisores em sua fábrica na cidade de Yaita, província de Tochigi.

A unidade começou a produzir TVs coloridas em 1968 e no auge de suas operações em 1986 chegou a ter mais de 3 mil funcionários, tendo grande contribuição econômica com a região.

Com o advento das TVs LCD, a fábrica de Tochigi passou a fabricar e desenvolver os modelos da linha Aquos, a principal da empresa. No entanto, devido ao processo de reestruturação da Sharp, a produção na fábrica foi interrompida no dia 21.

A partir do ano que vem, a unidade de Tochigi servirá como um ponto logístico e de manutenção de produtos da Sharp, funcionando com mão-de-obra reduzida de 600 funcionários.

A maioria dos trabalhadores serão transferidos para outras plantas como Sakai (Osaka) e Chiba. Já outros 170 perderão os seus postos de trabalho.

A Sharp e outras marcas japonesas de televisão estão tendo prejuízos no segmento, com muitas diminuindo a produção ou deixando o mercado.

A Sharp seguirá produzindo TVs, mas diminuirá as atividades no Japão, transferindo-as para outros países, onde o custo de mão-de-obra é menor.

O mercado do sudeste asiático é o principal alvo potencial da empresa.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: