Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A taxa de desemprego no Japão em julho fechou em 2,8%, queda de 0,1% em relação à maio.

O Ministério dos Assuntos Internos e Comunicações do Japão informou que o número indica uma grande piora em comparação com o ano anterior, quando a taxa fechou em 2,4%. A causa da piora é a pandemia de COVID-19.

A maior parte dos afetados são os trabalhadores com contrato de trabalho menos estáveis, como os chamados pa-to, hakenarubaito. Em situações de crise, eles são os primeiros a serem cortados por conta do contrato de trabalho.

A queda de trabalhadores nestas 3 modalidades foi de 1,04 milhão de pessoas em junho. Eles representam agora 20,44 milhões de pessoas na força de trabalho do país.

Já aqueles que estão sem emprego somam 1,95 milhão de pessoas. O número subiu 330 mil em relação à maio.

Curtir e Compartilhar: