Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A taxa de natalidade no Japão voltou a baixar em 2018 atingindo 1.42, segundo dados divulgados na sexta-feira (7) pelo Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão.

O percentual de 2018 é 0.01 menor que a estatística de 2017. Por província, Okinawa manteve o primeiro lugar, entre as regiões com a maior taxa de natalidade (1.89 filhos por mulher). Em seguida aparece Shimane com 1.74 e Miyazaki com 1.42.

Do outro lado da tabela está Tóquio com 1.20, Hokkaido com 1.27 e Quioto com 1.29.

O número de casamentos no Japão em 2018 foi de 586.438, o menor valor já registrado desde o fim da Segunda Guerra Mundial. A média de idade do casamento para homens é de 31.1 anos e das mulheres 29.4 anos.

Por sua vez, o número de nascimentos foi de 918.397 pessoas, queda de 27 mil crianças. O número de mortos foi de 1.362.482 pessoas, um aumento de 22 mil mortos, o maior número registrado no pós-guerra.

O saldo negativo de 444 mil pessoas representa o 11° ano seguido de queda e o pior número já registrado na história do país, agravando a situação de queda da população japonesa.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: