Curtir e Compartilhar:

Naomi Osaka venceu uma batalha entre a ex-número 1 mundial ao vencer Victoria Azarenka por 1 a 6, 6 a 3 e 6 a 3 no sábado (12), conquistando o segundo título do Aberto dos EUA e o seu terceiro Grand Slam de simples feminino.

Osaka, de 22 anos, que deve retornar ao terceiro lugar no ranking mundial, se recuperou de uma rápida derrota no primeiro set e se tornou a mais jovem três vezes campeã do Grand Slam desde que Maria Sharapova venceu o Aberto da Austrália em 2008 .

A quarta colocada disse que foi forçada a ajustar sua mentalidade depois de perder um set e uma pausa para a bielorrussa, contra quem ela havia vencido duas das três partidas anteriores.

Ao chegar à final em Flushing Meadows, Osaka – que é descendente de japoneses e haitianos – pôde exibir todas as sete máscaras que preparou para o torneio e usou em apoio ao Black Lives Matter e à luta contra a injustiça racial conforme ela entrava na quadra a cada rodada.

Ela veio para a partida de sábado em homenagem a Tamir Rice, um menino de 12 anos que foi morto a tiros em novembro de 2014 por um policial branco enquanto segurava uma arma de brinquedo.

“Acho que lutei em todas as partidas, começando com o torneio de Cincinnati até aqui”, disse Osaka.

A estrela nascida no Japão conquistou seu sexto título na carreira.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: