Curtir e Compartilhar:

O terremoto de magnitude 5.2 que atingiu a província de Wakayama, no centro do Japão, às 13h48 deixou duas pessoas feridas.

O epicentro do terremoto foi no mar de Kisuido a uma profundidade de 50 km.

O tremor foi sentido na escala 4 japonesa em Wakayama, Kainan, Arita, Goho, Tanabe, na província de Wakayama. Em Tokushima o tremor foi sentido na mesma escala em Tokushima, Komatsushima e Anan.

As províncias próximas sentiram tremores na escala 3. Foi o caso de Osaka, Hyogo, Nara, Shiga, Okayama, Kagawa e Kochi. Já as regiões um pouco mais afastadas de Kinki, Shikoku, Chugoku, Tokai e Hokuriku registram tremores na escala 1 e 2.

Horas depois do terremoto as autoridades das províncias afetadas começaram a emitir os boletins com a situação em cada local.

O governo de Wakayama informou que duas pessoas ficaram feridas em toda a província. Uma delas, uma mulher de 80 anos, mora em Shirahama. Ela teve ferimentos leves no rosto. Já a outra pessoa foi uma mulher de 70 anos da cidade de Hashimoto. Ela teve ferimentos leves na perna.

A infraestrutura da região não sofreu grandes danos. A Companhia Elétrica de Shikoku que administra o reator nuclear Ikata, na província de Ehime, informou que nenhuma anormalidade foi confirmada dentro das instalações da usina.

Em Osaka, o escritório do Ministério dos Transportes do Japão, informou que o Aeroporto Internacional de Kansai, afetado em julho do ano passado pelas fortes chuvas na região, não teve nenhum problema com os tremores mais recentes e segue operando normalmente.

Fonte: NHK WEB NEWS

Curtir e Compartilhar: