Curtir e Compartilhar:

TÓQUIO – A incorporadora Mitsubishi Estate, anunciou na quinta-feira (17) que o arranha-céu mais alto do Japão, “Torch Tower”, com cerca de 390 metros de altura, deve ser construído em frente à Estação de Tóquio no ano de 2027.

O novo marco com 63 andares acima do solo e quatro subterrâneos será um complexo de escritórios, instalações comerciais e um salão que acomoda cerca de 2.000 pessoas. Um hotel de luxo e um mirante, onde os visitantes podem ver o Monte. Fuji.

O nome Torch Tower vem de um desejo de iluminar o Japão como uma tocha, disse Mitsubishi Estate.

O arranha-céu planejado é parte de um projeto de desenvolvimento, com três outros edifícios e uma praça de 7.000 metros quadrados programada para construção em uma área de 31.400 metros quadrados perto do distrito comercial de Marunouchi, em Tóquio.

“Ao adicionar uma nova atração, vamos transformar Marunouchi em um distrito que seria escolhido pelas empresas”, disse o presidente da Mitsubishi Estate, Junichi Yoshida.

Atualmente, o edifício mais alto do país é o Abeno Harukas, de 300 metros, na cidade de Osaka. Sob um projeto de arranha-céu da Mori Building, um edifício de 330 metros de altura está programado para ser concluído no centro de Tóquio em 2023.

O edifício mais alto do mundo é o Burj Khalifa de 828 metros, nos Emirados Árabes Unidos.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: