Curtir e Compartilhar:

Tokyo (IPC Digital) – A Toyota Motor Corp. pediu ao Sumitomo Mitsui Banking Corp. e ao MUFG Bank a criação de linhas de crédito no valor de 1 trilhão de ienes, conforme declarou na sexta-feira (26).

Sem uma solução a curto prazo para a disseminação do novo coronavírus em todo o mundo, a Toyota decidiu criar linhas de crédito de precaução que podem ser usadas a qualquer momento, caso a crise econômica se arraste.
A Toyota informou que atualmente possui fundos suficientes.

Como regra geral, toda vez que uma empresa empresta fundos de um banco, ela deve ser submetida a um exame de sua condição financeira. Sob o sistema de linhas de crédito, ela pode pedir emprestado a quantia necessária dentro do limite predeterminado, sem novo exame.

A Toyota foi forçada a suspender as operações em suas fábricas em todo o mundo, devido a um número crescente de pessoas que foram proibidas ou se abstiveram de sair de casa.
As vendas de automóveis também estão caindo acentuadamente. No final de dezembro de 2019, a Toyota tinha cerca de ¥ 5 trilhões em dinheiro e depósitos e possui ampla liquidez. No entanto, é difícil prever o impacto da disseminação do novo coronavírus no desempenho comercial da empresa.

Após a crise financeira e o colapso de 2008 da Lehman Brothers Holdings Inc., os mercados financeiros estavam apertados, dificultando que grandes empresas com classificações de crédito relativamente altas emitissem papéis comerciais ou títulos corporativos para captar recursos de curto prazo.

Há preocupações crescentes de que os ganhos corporativos caiam acentuadamente em uma variedade de setores, devido às pessoas se absterem de viajar e sair,  e a uma queda acentuada no número de visitantes no Japão.

Além da Toyota, os principais bancos receberam uma série de consultas sobre assistência financeira de companhias aéreas e varejistas.

Curtir e Compartilhar: