Curtir e Compartilhar:

A transportadora Nippon Express decidiu aumentar o salário dos seus funcionários não regulares (非正社員) para o mesmo nível dos regulares (正社員).

A medida começará a valer a partir de abril desse ano e está de acordo com a revisão no modelo de trabalho proposto pelo governo japonês, que exige o mesmo salário para a mesma profissão, independente do tipo de contrato de trabalho.

O projeto do governo entrará em vigor em abril de 2020, mas parte das empresas deve adotar as mudanças antes do período. A Nippon Express foi a primeira a propôr mudanças e mais companhias devem seguir os passos da transportadora.

A Nippon Express conta com um efetivo de cerca de 40 mil funcionários. Um total de 11 mil são funcionários regulares com a possibilidade de serem promovidos ou mudarem de área dentro da empresa, enquanto 16 mil também são efetivos, mas alocados em áreas específicas.

Os outros 13 mil restantes trabalham como funcionários não regulares. Uma parte deles trabalha a mesma quantidade de horas e faz o mesmo serviço que os funcionários regulares, porém ganhando menos. A nova política da empresa visa igualar os salários desse tipo de situação.

A mudança da Nippon Express pode levar mais empresas a seguir pelo mesmo caminho e ajudar o Japão a resolver o problema de baixos salários dos trabalhadores não regulares.

Fonte: Asahi Shinbun Digital 

Curtir e Compartilhar: