Curtir e Compartilhar:

O presidente americano, Donald Trump, disse na quinta-feira (10) que o líder norte-coreano Kim Jong Un está com “boa saúde” depois que circularam rumores de que ele poderia estar gravemente doente.

“Kim Jong Un está com boa saúde. Nunca o subestime!” Trump tweetou.

Seus comentários também foram feitos um dia depois que a mídia dos EUA relatou algumas cartas não divulgadas entre os dois líderes, citando trechos de um livro do proeminente jornalista Bob Woodward que mostrava os aparentes esforços de Kim para cortejar Trump por meio de elogios exagerados.

A relação de correspondência evoluiu quando Trump e Kim se encontraram três vezes após um período de tensões aumentadas em 2017, quando eles se envolveram uma troca de palavras por correspondência sobre o desenvolvimento de armas nucleares e mísseis balísticos intercontinentais pela Coreia do Norte.

Embora Trump tenha elogiado seu “relacionamento muito bom” com Kim, a pressão dos EUA para livrar Pyongyang de suas armas nucleares foi paralisada desde o colapso de uma cúpula bilateral no início de 2019 por causa de divergências sobre o alívio das sanções.

Enquanto isso, as especulações giravam sobre a saúde de Kim depois que ele permaneceu fora dos olhos do público por cerca de três semanas em abril. Desde então, suas aparições públicas foram relatadas pela mídia estatal norte-coreana.

Mas rumores sobre a condição de Kim surgiram recentemente novamente, já que alguns meios de comunicação relataram a alegação de um diplomata sul-coreano de que Kim está em coma desde abril e que todas as suas aparições desde então foram falsificadas por autoridades.

Enquanto uma grande celebração é esperada na Coreia do Norte no próximo mês, no 75º aniversário da fundação do Partido dos Trabalhadores da Coreia, o chefe das forças dos EUA na Coreia do Sul disse na quinta-feira (10) que Pyongyang não deu sinais de provocações até agora.

“Há pessoas sugerindo que talvez haja o lançamento de um novo sistema de armas. Talvez. Mas não estamos vendo nenhuma indicação agora, nenhum tipo de ataque”, disse o general Robert Abrams durante um evento online organizado pelo Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), em Washington.

O CSIS disse na última sexta-feira que as imagens de satélite de um estaleiro norte-coreano mostraram alguma atividade podendo ser preparativos para um teste de um míssil balístico lançado por submarino.

Fonte: Kyodo

Curtir e Compartilhar: